Taking too long? Close loading screen.
Compartilhe em suas redes sociais:
Compartilhe em suas redes sociais:
Compartilhe em suas redes sociais:

Natalia

14 setembro 2022

Nenhum comentário

Início Best Destinations

Conheça 4 trilhas incríveis no Estado de São Paulo

Conheça 4 trilhas incríveis no Estado de São Paulo

Compartilhe em suas redes sociais:

Fazer trilhas é uma ótima opção de programa para o final de semana. É a sua oportunidade de fugir um pouco da cidade e conhecer pessoas novas, lugares lindos e entrar em contato direto com a natureza.

 

Aqui no estado, existem trilhas de níveis diferentes, desde o iniciante até o avançado, sendo que no interior de São Paulo é possível encontrar percursos maravilhosos, com vistas e cachoeiras deslumbrantes.

 

Se você curte essa vibe mais natural ou quer descobrir se ficar em meio a natureza é a sua pegada, continue lendo. As nossas dicas são muito legais!

 

1. Trilha do Vale das Ostras – Eldorado – São Paulo

 

Foto da cachoeira do Vale das Ostras, uma das trilhas para se fazer em São Paulo.

Foto: Pinterest/Reprodução

 

Começamos bem a nossa lista de trilhas imperdíveis!

 

Essa trilha fica em Eldorado, no Vale do Ribeira, e é simplesmente perfeita. Ela é indicada para iniciantes por não ter tantas subidas e descidas, mas ainda assim é indicado ter um condicionamento físico legal, já que o percurso tem 7 km de caminhada.

 

Um ponto a se destacar sobre essa trilha é que ela é 70% submersa – a maioria do trajeto é feito em contato com a água das cachoeiras que encontramos no caminho, portanto é necessário um tênis adequado e roupas que sequem mais rápido.

 

Nessa trilha, os visitantes passam por 12 cachoeiras diferentes e terminam o percurso com a mais maravilhosa de todas, a Cachoeira de Meu Deus. Eleita a cachoeira mais bonita do estado, ela tem uma queda gigante de 53 metros e atrás da cascata ainda há uma gruta onde os visitantes podem ter uma experiência única de ouvir toda a água caindo do lado de fora e ficar por trás do “véu” branco que é formado pela enxurrada.

 

A sensação é surreal, sem falar na experiência que é estar no meio da Mata Atlântica, em um lugar permeado por tanto verde e a mais pura natureza.

 

É aconselhável fazer a Trilha do Vale das Ostras com a ajuda de um guia para aproveitar ao máximo a visita.

 

2. Trilha da Pedra Grande – Atibaia – São Paulo

 

Foto de um dos pontos da Pedra Grande, uma das trilhas para se fazer em São Paulo.

Foto: YouTube/Reprodução

 

Aqui é o resultado que realmente importa: o objetivo final é chegar na Pedra Grande e observar a belíssima vista que você só encontra em Atibaia.

 

Existem três trilhas principais e de níveis diferentes que permitem a chegada ao topo da pedra, sendo elas a “Minha Deusa” (2,4 km), a “Mangueira” (2,6 km) e a “Monges” (3 km) – tudo depende da sua disposição!

 

Dentre as três, é comum que a mais curta (Minha Deusa) esteja mais cheia, mas todas são bem divertidas. Vale ressaltar, inclusive, que apesar das trilhas serem relativamente curtas, elas são uma subida, então o percurso exige bastante esforço da parte dos visitantes.

 

Em nenhuma dessas trilhas é necessário o acompanhamento de um guia, mas há agências em Atibaia e arredores que organizam excursões com grupos de pessoas até o topo da Pedra Grande – essa é uma forma de você se exercitar e ainda conhecer pessoas novas. Fazer esse tipo de percurso com outras pessoas é sempre mais legal. Aproveite!

 

3. Trilha da Cachoeirinha Escondida – Paranapiacaba – São Paulo

 

Trilha da Cachoeirinha Escondida, com o caminho marcado cercado por árvores e mata.

Foto: Tripadvisor/Reprodução

 

Quase um segredo de estado! Esse pequeno pedaço de beleza natural aqui de São Paulo fica incrustado nos desníveis das escarpas da Serra do Mar, já na região de Santos.

 

Ela parte de Paranapiacaba e é uma das trilhas consideradas de nível moderado/pesado, já que tem alguns pontos de inclinação e terreno acidentado. Essa trilha, em especial, requer bastante condicionamento físico.

 

O percurso todo tem aproximadamente 9 km e o passeio dura cerca de 6 horas, então é importante manter-se bem alimentado e hidratado durante a caminhada.

 

Nessa trilha, temos exemplos de formações da Mata Atlântica, edificações do final do século XIX e são avistados alguns animais silvestres (principalmente aves)!

 

É uma experiência muito agradável e, apesar de dar trabalho, o mergulho na Cachoeirinha Escondida do final compensa todo o trajeto.

 

Para este percurso, é necessário estar acompanhado de um guia.

 

4. Praia Brava – São Sebastião – São Paulo

 

Mar da Praia Brava, com montanhas ao fundo e um céu nublado.

Foto: Tripadvisor/Reprodução

 

Para alcançar essa praia incrível, de mar cristalino, areia branca e ondas propícias para o surfe, é necessário caminhar por uma trilha de 3 km (cerca de 1h30 de caminhada), de nível moderado. Ela possui trechos de subidas bem íngremes, e por isso, requer um pouco mais de condicionamento físico e não é tão indicada para idosos ou crianças.

 

Durante o percurso, o visitante poderá observar mais um exemplo da Mata Atlântica, sua fauna e flora. Além das belezas naturais, no trajeto há dois mirantes com paisagens incríveis.

 

Chegar na Praia Brava faz o caminho tortuoso valer a pena: por ser um pouco escondida, ela é normalmente bem vazia e ideal para quem quer descansar após a caminhada e tomar um bom sol com tranquilidade. As fotos tiradas nessa praia também ficam incríveis!

 

A Praia Brava é um local de contemplação, então não há barracas nem quiosques. É importante levar o que for consumir.

 

Esta trilha também não precisa de um guia, mas é recomendado muita cautela na caminhada, por conta das subidas e possíveis locais acidentados.

 

E aí, o que achou das nossas dicas de trilhas fora da capital? As opções listadas são ótimas e abrangem todos os gostos.

 

Junte o pessoal e encare o seu espírito trilheiro – com certeza a viagem renderá histórias divertidas!

 

O blog do Visite São Paulo procura sempre trazer ideias bacanas para curtir com os amigos e família. Sejam trilhas ecológicas, museus diferentões, cachoeiras ou rilhasrestaurantes ao ar livre, aqui tem dica para todos os públicos.

 

Não deixe de marcar o @visite_sp quando embarcar na sua próxima aventura, hein?