Sala de Imprensa Press Releases

Buscar  
2/3/2017

Carnaval de rua, sucesso entre paulistanos, vira atração para turistas

Blocos em São Paulo já atraem o triplo de visitantes e movimenta a economia

1259.JPG

Foto: André Stefano



O samba no pé não é mais exclusividade de passista: cada vez mais pessoas em mais lugares estão arriscando seus passos e caindo na folia por toda a São Paulo. Além do Sambódromo do Anhembi, ícone do Carnaval Paulistano que, durante os desfiles, recebeu um público estimado de 80 mil pessoas (serão cerca de 120 mil com o desfile das campeãs), as ruas seguem conquistando o coração de moradores e visitantes, com 3 milhões de foliões até o próximo final de semana, 1 milhão a mais do que o contabilizado em 2016, ganhando ares de uma nova virada cultural de fantasias e purpurinas.

Em levantamento realizado pelo Observatório do Turismo e Eventos da Cidade de São Paulo da São Paulo Turismo (SPTuris) nos dias 24 e 25, durante os desfiles, mostrou o crescimento da festa, tanto no sambódromo quanto nas ruas, superando as expectativas: no primeiro, foi registrado um aumento no número de turistas em 167%; e, nas ruas, a marca de 203% a mais de visitantes (a pesquisa com o carnaval de rua segue até o dia 5 de março). Em 2016, eram apenas 3,2% de visitantes de outras cidades; em 2017, até o momento, foram 9,7%. “São Paulo, até pouco tempo, era uma exportadora de visitantes durante o período de carnaval. Vemos, nos últimos anos, dois movimentos muito interessantes: o do paulistano redescobrindo a própria cidade, deixando de viajar para aproveitar os festejos de São Paulo; e do visitante, que deseja conhecer o que a cidade tem de melhor em seus blocos, mais de 490 este ano”, conta Toni Sando, Presidente Executivo do São Paulo Convention & Visitors Bureau.

A pesquisa aponta que a receita com o turismo no Sambódromo foi de R$151 milhões, 55% a mais que em 2016. A estadia dos turistas se manteve em 3 dias, entretanto, seu gasto subiu de R$617 para R$957. Destaque para 57% do público do Sambódromo que afirmou aproveitar o Carnaval na cidade em outros eventos, como o Carnaval de Rua.

O Carnaval, inclusive, incrementa o número de visitantes na capital no mês de fevereiro. “São Paulo é um destino de negócios e eventos, com feiras, congressos, conferências e demais encontros. O crescimento do carnaval de São Paulo é mais uma prova que a cidade é também destino de lazer e entretenimento, alternativa para a movimentação econômica do setor de turismo, eventos e viagens”, conta Toni Sando. A capital deve movimentar R$750 milhões em hospedagem, alimentação, transporte, etc, de acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) no período. “Os números superam de grandes eventos de São Paulo, como Salão do Automóvel e Grande Prêmio Brasil de Formula 1, no que hoje é o segundo maior Carnaval do Brasil – a caminho de se tornar o maior, com estrutura, organização e segurança”, completa.

A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de São Paulo (ABIH-SP) calcula um aumento de 5% na taxa de ocupação, se comparado com o mesmo período do ano passado. A pesquisa da SPTuris mostra também grande aprovação em relação à organização do carnaval de rua, com 77,6% dos entrevistados considerando que melhorou ou melhorou muito.

Estão confirmados blocos até o dia 5 de março e, no dia 3, acontece do desfile das campeãs do Carnaval de São Paulo. A receita estimada com o Carnaval de Rua será divulgada com o término da pesquisa.

Expediente:

Comunicação | São Paulo Convention & Visitors Bureau

imprensa@visitesaopaulo.com

Busca Agenda

+ busca avançada Buscar   
  Relatório 2016
  ÍNDICE DE PREÇOS - TRIVAGO
Personal Guides

Vídeos

7388755

Podcast com todos os eventos acontecendo semanalmente

  SPCVB 33 anos

Twitter