Sala de Imprensa Press Releases

Buscar  
23/2/2017

Estudo cita SP entre cidades com potencial de crescimento

Foto: Divulgação Embratur/ Christian Knepper



A Euromonitor, empresa de pesquisa e estratégia de mercado, realiza estudos que envolvem diversos temas, desde análise do perfil de consumidores ao impacto da economia em uma vida mais sustentável. Desta vez, a companhia divulgou um relatório listando as economias emergentes com oportunidades de crescimento.

Foram 17 cidades citadas no estudo e, dentre elas, estava São Paulo. A capital paulista foi a única brasileira no agrupamento, sendo acompanhada pelas latino-americanas Montevidéu (Uruguai), Santiago (Chile), Buenos Aires (Argentina) e San José (Costa Rica).

“Expandir os negócios para essas cidades pode ser uma opção interessante para as empresas que ainda não estão prontas para entrar em larga escala em mercados subdesenvolvidos, mas buscam opções de expansão relativamente seguras”, afirma a diretora de Relatórios Estratégicos da Euromonitor International, Gina Westbrook. “Entretanto, como essas cidades são drasticamente diferentes da região dos seus respectivos países, elas requerem uma estratégia de negócios bem pensada.”

O estudo projeta que, nos próximos 15 anos, tais cidades continuarão a alcançar os países desenvolvidos devido principalmente ao rápido crescimento econômico. “Uma característica em comum entre essas cidades emergentes é o alto gasto. Devido à maior renda disponível e ao crescente número de pessoas que moram sozinhas, essas cidades apresentam uma proporção baixa de gastos com itens básicos”, explica a executiva.

“As pessoas possuem mais recursos para gastar em atividades de lazer e produtos não-essenciais, tornando essas cidades um excelente ponto de partida para empresas de bens de consumo que buscam oportunidades fora de seus mercados domésticos”, complementa.

Este é exatamente um dos pontos que colocam a capital na lista: a capacidade de atração que São Paulo tem sobre companhias globais. O estudo afirma que “marcas conceituadas são atraídas por São Paulo, onde a parcela de consumidores abastados está crescendo”. Soma-se a isso o baixo custo para implementação de operações no País. “São Paulo, Istambul e Buenos Aires também oferecem relativo baixo custo operacional e se beneficiam de sua grande escala.”

O estudo ainda conclui pontuando fatores negativos que surgem como desafios para as citadas. “As emergentes campeãs em crescimento não estão imunes a questões relativas ao desenvolvimento urbano.” Segurança é o item preocupante para São Paulo, onde “a elevada taxa de crimes é evidente”.

Fonte: Renato Machado / Panrotas

Expediente:

Comunicação | São Paulo Convention & Visitors Bureau

imprensa@visitesaopaulo.com

Busca Agenda

+ busca avançada Buscar   
  Relatório 2016
  ÍNDICE DE PREÇOS - TRIVAGO
Personal Guides

Vídeos

7388755

Podcast com todos os eventos acontecendo semanalmente

  SPCVB 33 anos

Twitter